quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Não sei de onde vem tamanha súplica em forma de dor,
não sei pra onde foi o tão eterno e grande amor.
Porém o que bem sei, é dessa espera soluçando música e esperança,
que em cansaço me transformou.

Eu sou aquela sombra que vai na vida a caminhar,
atrás de cada passo seu que eu teimo em observar.
E fico torturada e torturando-me no esplendor de tua bela imagem
tatuada em mim por seu amor.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Diário de uma dúvida

Eu gosto de ser mulher, sonhar arder de amor, desde que sou uma menina...
Sim, eu gosto de ser mulher, mas gosto de ser homem... ser transexual ou não ser... eis a questão!
Consigo me ver homem, mas gosto de me ver mulher como um homem. complicado né?
também acho. não sei se seria travesti a palavra correta. Não acho que seja capaz de tirar os seios, e trocar e transformar a vagina em pênis. Mas gosto de usar, e tenho os mais variados assessórios penianos... às vezes sou tão masculina que me assusto, mas ao mesmo tempo faço "ui" se levo um susto. onde está o limiar entre masculino e feminino em mim? preciso me encontrar. parece que estou no limbo da sexualidade. tenho peito pra ser gay e encarar o mundo, mas não sei se tenho para me "metamorfosear" em homem para sempre. a porrada é muito mais forte. e não tem volta. ao mesmo tempo ser mulher e estar com outra mulher já não está me satisfazendo mais. ser ou "estar" homem e ficar com uma mulher de preferência que goste de trans já me agrada. me faz feliz. mulheres femininas. que gostam de pinturas e salto alto, vestidos e acessórios... essas mulheres são as que me atraem. Mulheres diferentes de mim. elegantes, vaidosas, não que eu não seja, mas de uma maneira diferente. estou no limbo. não sei o que fazer. (continua)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Minha fé

Minha fé sempre anda comigo, por mais que tentem me fazer esquecê-la. Fico triste de ver pessoas usando a fé alheia com inconsequência. Eu acredito em Deus, em meus santos, meus guias, meu anjo da guarda, que no meu caso devem ser quatro pra me livrarem de tantas coisas (kkk). E ainda mais que tudo, eu acredito em mim! Se eu quero, talvez eu não possa, mas tenho obrigação de tentar conseguir. 6º período aí vou eu... e vida com tudo de bom ou ruim, estamos grudadas. rs

Ditadura da Felicidade

A felicidade deve ser espontânea, não faço parte da onda da
 "ditadura da felicidade, da alegria e do sorriso", quero ter direito a tristeza, direito a imobilidade labial... quero poder ser mal humorada quando tiver que ser. Ninguém é perfeito e eu não estou disposta a tentar sê-lo. Adoro gargalhar, mas isso não é uma obrigação e sim um prazer. #FicaaDica

quarta-feira, 25 de julho de 2012


As pessoas suportam tudo, as pessoas às vezes procuram exatamente o que será capaz de doer ainda mais fundo, o verso justo, a música perfeita, o filme exato, punhaladas revirando um talho quase fechado, cada palavra, cada acorde, cada cena, até a dor esgotar-se autofágica, consumida em si mesma, transformada em outra coisa que não saberia dizer qual era.

terça-feira, 24 de julho de 2012


“Confesso que me dá uma saudade irracional de você. E tenho vontade de voltar atrás, de ligar, de te dizer mil coisas, e cair em suas mãos, sem me importar com nada, simplesmente entregar-te meu coração. Mas não, renuncio, me controlo e digo para mim mesmo que não é assim, que não pode ser, que você se foi, e não volta.”


Caio Fernando Abreu

sábado, 21 de julho de 2012

Momento já

To num momento só meu. Momento "Ermitão". Se eu fosse uma carta seria essa; Nove do Tarô, O Eremita.
Um cansaço de multidão. Momento de arrumação interna, arrumar o armário literalmente. Jogar fora as coisas que não me servem, reorganizar as que ainda tem serventia... Colocar novos aromas nas gavetas pra tirar o cheiro de antigo, de velho, de passado. É um momento meu mesmo. Só eu sei onde colocar as camisas, as meias, os shorts... Só eu sei! To empolgada com isso, parece véspera de festa. Pra mim as festas só são boas na véspera. Porque ficamos na expectativa de como será, qual roupa vestir, quem estará, qual música irá tocar... a festa em si acaba ficando chata a maioria das vezes. Enfim, coisas minhas que talvez CFA entendesse. Mas aviso aos navegantes, o nove antecede a Roda da Fortuna, e ela vira tudo de ponta a cabeça, logo irei é ferver, e não será a água para o chá, será a vida!